Ocorreu um erro neste gadget

sexta-feira, 24 de junho de 2011

Insano

Relembrando tudo que já vi, ouvi, li e vivi, creio que ainda não há muito pra se falar...
Não há por que talvez não seja pra ser dito.
Alguns Momentos... Vem e num piscar de olhos se vão... Algumas Pessoas ficam e outras simplesmente passam, há sonhos que só se sonha e há os que de fato se realizam.
Sendo assim suponho que a vida é bem mais interessante do que se pensa.
Basta ter coragem de olhar alem das possibilidades, não ter medo de arriscar, de parecer insano ou bobo.


Andei tentando controlar meu lado meio... “bipolar”; que hora me faz tão feliz e realizada...
E depois tão triste e frustrada... e em um  momento seguinte não me faz sentir nada.
Ainda acredito que não seja caso de loucura... (pelo menos ainda não me porto como tal.)
Mas confesso que há uma insanidade (sadia) me invadindo aos poucos, daquelas que trazem sentimentos adormecidos a tona e as vibrações vão se tornando cada vez mais essenciais...
Uma parte de mim diz que sim, que é mágico! Outra diz que não.
Perguntas que nunca tem fim, perguntas que nunca esclarecem nada.
Devia ser trágico, mas não me parece ser. Não agora.
Perdendo a noção do espaço, do limite, do impossível... Pendendo completamente o sentido
A eternidade não é uma meta, não é o objetivo, a intensidade sim.
É... Parece que há sempre um bom motivo pra justificar o sentimento e delírio que o acompanha.
Como identificar se deve seguir em frente ou virar na próxima esquina?
Se ta certo... Se ta errado... Se é bom ou se é ruim... Se é pra ser ou não...
Às vezes... Por poucas vezes tudo isso não importa tanto...
Às vezes só o que importa é deixar fluir... Acontecer... sentir...
E esperar pra ver no que vai dar...
E você só se da conta disso quando percebe que a mesma musica que você já ouviu 50 mil vezes ficou mais bonita naquele dia.
E que todos os gostos que já sentiu na vida não te proporcionaram tamanha sensação de êxtase.
O sorriso segue de um olhar que brilha e enfeitiça...
O perfume te tira a lucidez...
E principalmente... Você nota que nenhum outro momento foi tão desejado a não ter fim.
Daí... Você lembra que não é você que controla.
 Que é um jogo onde não se joga só e que não depende de você nem do que você quer... (#fato!) ¬¬

7 comentários:

  1. posso tirar uma frase do seu texto?
    "A eternidade não é uma meta, não é o objetivo, a intensidade sim."
    vou guardar essa frase sempre na minha memória para aprender a valorizar a intensidade das coisas e não a duração de tempo que elas acontecem.



    http://diariodagarotadevariasfaces.blogspot.com/
    sigo quem me segue e retribuo comentários

    ResponderExcluir
  2. Parabéns, moça. Escreves bem.
    Te deixo uma dica: a leitura é a arma da língua.
    Foi um professor que me disse isto, e eu nunca esquece.

    Estou retribuindo sua visita, vou te seguir também.

    Meu Cantinho:
    http://mile-meucantinho.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. LindO seu textO
    blog de parabéns!

    ResponderExcluir
  4. Parabéns pelo blog.. ! muito interessaste

    segue? Fuck Off - http://axelroox.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. Olá que texto incrivel, aliás você escreve muito bem!, tem futuro menina, haha

    visite, siga ou comente em meu blog?
    adorarei ter voce por la
    http://etiquetandomoda.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  6. Sempre que precisar baby to aqui..

    ResponderExcluir
  7. Bem escrito, adorei! Parabéns ..
    assim que puder nos visite, bjs

    http://garotasdoseculo.com/

    ResponderExcluir

Obrigada por deixar sua opinião.
Pra mim é super importante. ;)