Ocorreu um erro neste gadget

sábado, 26 de março de 2011

Felicidade



Hoje me parece um dia propicio pra ser feliz.
E quando não é, neh? O fato é que realmente nada há nada que pague o valor dessa emoção que vem de tantas maneiras e de tantos caminhos...as vezes nos surpreendem de tal forma, que quase não da pra definir.... um turbilhão de sentimentos e pensamentos e vontades...aquele desejo de gritar e saltar e vibrar, fazer vibrar....ver vibrar...de alegria.
Não sei o  porque da  incansável busca de como ser feliz... se ser feliz é simplesmente esperar ela vir e deixar ela toma conta da gente, como mérito da nossa própria vida... então se é isso, suponho que a felicidade esta no viver.
Viver! somente VIVER e esperar que a conseqüência disso seja o premio maior e mais disputado do planeta, a FELICIDADE.
Portanto vou tratando de caminhar pela estrada que me levara a tal proeza e esperando...Pois quando menos esperar ela chega.

sexta-feira, 25 de março de 2011

Ainda Lembro...



"Quem me roubou de mim?".... titulo de livro...
Pra mim a frase se encaixe perfeitamente. Daí o nome do blogger.
Mas afinal, quem me roubou de mim? A pergunta parece boba, mas garanto, é bem difícil responder.
Não lembro assim com "riqueza em detalhes" o que me tornou o que sou hoje ou o que me fez deixar de ser como antes, mas ainda lembro de como era e de quem era...
Ah vai dizer que quando olha pra traz não da um vontade de voltar? Fazer tudo de novo, acertar, errar, aceitar, vivenciar cada segundo esperando que nunca mais acabe.
Confesso que  vezes... consigo sentir ate o cheiro, as sensações...Ahhh lembranças...
Porem não posso ser injusta, tudo que se foi me proporcionou ser o que sou agora... e não é tão ruim assim.
As lembranças é o que restou mas o que realmente importa
é a esperança de que daqui algum tempo eu sinta a mesma saudade de hoje como sinto a de ontem.