Ocorreu um erro neste gadget

sábado, 22 de outubro de 2011

Volta?


Os dias estão ficando longos, as noites intermináveis
Estou cansando de esperar
Cada minuto parece uma eternidade diante desse querer
Tenho a sensação de estar andando em círculos
Parece que tudo muda o tempo todo e continua igual
Não sei como ter de volta, reconquistar, recuperar
É como se tivesse perdido no meio da minha confusão
Talvez a culpa seja só minha... Na verdade acredito mesmo que a culpa seja só minha
Eu devia ter cultivado, ter mais cuidado, ter me dedicado mais...
Agora fico aqui rastejando pelo teclado a fim de encontrar respostas
A fim de ter você de volta
Fico aqui me lamuriando em cima dessas teclas como se isso fosse o suficiente pra fazer você entender...
Que sem você, não tem graça, não tem sentido, não tem equilíbrio
Sem você eu não consigo...
Então... Volta?! Volta Inspiração que sem você...
Sem você...  meu coração esquece o ritmo.

sexta-feira, 7 de outubro de 2011

Necessidade


Naquele momento eu sabia exatamente o que eu queria
Mas ate hoje não tenho certeza do que ele quer
Eu preciso de alguém que diga sim
Sem rodeio... Sem entrelinhas... Sem reticências... Sem hesitar...
Eu preciso de calor e carinho de suspiros e arrepios
De abraços apertados de beijos molhados...
Preciso noites inesquecíveis de dias surpreendentes,
De ligações no meio da tarde só pra falar de saudade
Eu preciso ter a cama desarrumada e alguém que não parta
Preciso de sonhos e de realidade entrelaçados sem limites
Preciso de ação... De suspense e de romance reais...
Necessito de corpo quente e alma leve
De sorriso ao amanhecer e de palavras sussurradas
Careço de afago nos cabelos ate que eu pegue no sono
 E de brilhos nos olhos depois de uma noite de amor
Preciso de mãos juntas... De mãos soltas que passeie pelo corpo
E que desenhei o rosto...
Olhos que falem em segredo os mais belos sonetos de amor
Preciso que me convença... Que me tenha... Que me queira...
Necessito de compreensão na minha loucura
De paciência na minha instabilidade
Preciso daquela fraqueza que não me deixa resistir ao toque
Necessito que me tire o fôlego, o monótono, o frio...
Preciso de sutileza no meu exagero e de amor
Preciso de amor...
Não me guarde somente no pensamento, não me faça lembrança
Não deixe rolar... Não deixe o tempo passar
E se você ta ai pensando:
“Mas existe uma diferença entre precisar e querer!”
Acredite eu sei perfeitamente qual é
E pra não restar duvidas eu enfatizo: Eu preciso!