Ocorreu um erro neste gadget

quarta-feira, 18 de maio de 2011

Mais do Mesmo


 Houve um tempo em que crianças brincavam pelas ruas e o único perigo era uma possível queda causada por correr demais. Um arranhão no joelho que era tratado facilmente com famoso mertiolate, (aquele que ardia) e com um sopro de carinho da mãe.
Nesse tempo fotos serviam para guardar um momento especial e não somente para postar em redes sociais.
As pessoas se conheciam (pessoalmente).
Soltar pipa, brincar de boneca ou jogos de tabuleiro eram a sensação do momento acompanhado é claro por deliciosas guloseimas, pois naquele tempo não tinha esse negocio de obesidade infantil nem meninas obcecadas em serem magérrimas, acho nem se falava em anorexia.
Em um tempo não muito distante desse as pessoas riam, somente por rir .
Não existia celebridade instantânea, existia o “dom “ e isso era o bastante.
Havia também algo que há muito tempo não vejo: personalidade às pessoas gostavam de você e ponto. Não tinha isso de “fazer o social”.
Nesse mesmo tempo amizade era coisa séria e tinha ate rotulo (hoje já não tão usado mais) “Melhor amigo”
Os diários guardavam segredos que jamais poderiam ser descobertos. Como poemas e letras de musicas favoritas e todos começam assim: Querido diário...
Hoje os blogs fazem quase o mesmo trabalho, a diferença é que leva seus pensamentos a bilhões de pessoas desconhecidas, mas tudo bem neh? Privacidade não é mais uma preferência da maioria.
Daí a cada ano me pergunta o que andei fazendo de mim e chego a conclusão que não importa a quantos anos estou aqui e sim o que vivi nesse tempo. Por isso hoje ao me perguntarem: “quantos anos você tem?” quero poder dizer: Muitos! Afinal é essa imensidade de tempo que nos faz evoluir, viver novos momentos e poder  aproveitar o que eles trazem de melhor, lembrar o que é melhor e com isso conquistar o melhor!
E no fim não é assim que dizem:
“pensar positivo atrai positividade!”, então ta!
O que acha então de viver positivamente?
Sorria mais, abrace mais, ame mais, viva mais!
Cada momento é único a soma de todos é um tesouro pra pouco, aproveite – o!

quarta-feira, 4 de maio de 2011

Não tô afim e Ponto!




Sabe aqueles dias que você simplesmente não ta afim?

Afim de escutar bobagem, de rir sem vontade, de ser o que não é... 
Tô naquele bendito dia que tudo soa com um tom de: desnecessário.
Eu tô afim é de curtir... De me curtir...
Fazer bem pra pra mim... Sorrir com quem me faz feliz, 
Colocar o papo em dia com alguem que sinto saudade... 
Tomar um banho bem demooorrraaaadddo,caminhar enquanto penso...
É! To afim de pensar! No que conquistei e no que desistir de tentar, 
Quero pensar no que me faltou ou sobrou nos ultimos tempos 
( e confesso, sera uma longa conversa comigo mesma).
No fim, acho que é mesmo isso... 
Niguem deveria perder tempo e sim viver o tempo (literalmente).